Buscar
  • Carolina Roldan

A Felicidade como ferramenta de Fidelização de Clientes.

Quando o foco é a captação de clientes, as empresas buscam técnicas e meios para encantá-los através de um bom discurso que enalteça a qualidade de seus serviços. Mas, uma vez que o cliente "entra na nossa casa", é preciso investir num bom relacionamento para conquistar sua confiança e fidelidade. ESTIMULAR A FELICIDADE entre os seus colaboradores pode ser uma ferramenta poderosa!


No início de uma relação comercial, o primeiro passo é alinhar as expectativas do que foi contratado. O segundo, é ter pessoas que atendam com qualidade e comprometimento (condição "sine qua non" de toda organização). E é ai que entra o grande desafio!

Para manter clientes satisfeitos é preciso saber estimulá-los, surpreendê-los, e ir além! É preciso saber PRESERVAR UM BOM RELACIONAMENTO, e como toda relação, para que ela dê certo é preciso agir com ética, respeito e transparência. Mas não só isso. É PRECISO QUE HAJA EMPATIA!

Para fidelizar clientes, os colaboradores precisam atendê-los com felicidade!

A Love Mondays, plataforma que recebe avaliações anônimas de diversos usuários sobre as empresas que atuam ou atuaram de forma espontânea, divulgou em Janeiro deste ano, um ranking de satisfação profissional para buscar quais são "As 50 empresas mais amadas do Brasil".

Além da satisfação geral, os usuários avaliam com nota os seguintes aspectos: remuneração e benefícios, oportunidade de carreira, cultura da empresa e qualidade de vida.

A análise dos dados mostra que dinheiro não é o principal motivador da felicidade no trabalho. Embora, segundo dados coletados na plataforma, um bom salário ainda seja importante, as pessoas têm valorizado muito mais um bom ambiente de trabalho e a oportunidade de crescer na empresa.

Por isso, entre as diversas ações de um plano de comunicação interna, mensurar a qualidade do clima organizacional é essencial para a gestão de qualquer negócio.

Confira 5 dicas para manter um bom índice de satisfação dentro da sua empresa:

1. Estimule a prática da Gentileza entre as áreas. Ao solicitar demandas, não fique limitado ao envio de e-mail, sempre que possível, fale antes ao telefone ou pessoalmente. E ao se dirigir ao colega, cumprimente sempre com "Bom dia", pergunte se é o melhor momento para conversarem e sempre, sempre use as palavrinhas mágicas "Por gentileza" e "Grato".

2. Circule pelas áreas comuns. Independente da facilidade dos recursos digitais, pessoas serão sempre pessoas! Para um relacionamento ser forte, nada substitui o olho no olho. Então dê aquela esticada nas pernas, vá encher a garrafinha com água, e tomar aquele cafezinho na copa. Você não tem ideia do poder de um cafezinho, na hora certa com a pessoa certa! Só tome cuidado para não abusar deste recurso. Lembre-se: tudo é uma questão de equilíbrio!

3. Crie campanhas que estimulem os colaboradores a exercerem o reconhecimento ao próximo e a criar/colaborar com algo para a melhoria interna dos processos da empresa. Um elogio pode mudar um mal dia. E no final, todo mundo ganha: principalmente o cliente na ponta.

4. Realize Pesquisas de Clima e de Satisfação com os clientes, pelo menos 1 X ao ano, para entendimento dos dois lados, e melhor tomada de ações preventivas.

5. Dê Feedback! De nada adianta uma boa ação sem mostrar os resultados. Toda ação precisa ser medida, e portanto é o receptor/ colaborador, quem dá a temperatura ao seu termômetro de satisfação. Pesquisas elaboradas de forma estratégica, apresentam resultados concretos e objetivos, por mais prolixos que possam ser os colaboradores. Eles indicam se a gestão está no caminho certo ou não. Além disso, se a gestão não é clara com o colaborador sobre os objetivos da empresa, ele também não será claro com os clientes.

Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais!

#dicasdenegocio #marketingdafelicidade #marketinghumanizado

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo